bettingcasinoapp -A ex-esposa do deputado federal Arthur Lira (PP-AL), Jullyene Lins, afirmou ter sido vítima de agres

Em Entrevista bettingcasinoapp -Ex-Presidente da República

A ex-esposa do deputado federal Arthur Lira (PP-AL),bettingcasinoapp - Jullyene Lins, afirmou ter sido vítima de agressão sexual perpetrada pelo ex-marido. Em entrevista exclusiva à Agência Pública, ela declarou que o abuso ocorreu em 2006. O atual presidente da Câmara dos Deputados, Lira, não se pronunciou ao ser procurado pela jornalista Alice Maciel, responsável pelo texto.

Conforme relatado na reportagem, Jullyene Lins registrou boletim de ocorrência contra Lira em 5 de novembro de 2006, descrevendo agressões físicas e verbais, além de ameaça de morte durante uma crise de ciúmes. Na ocasião, eles já não eram casados. A agressão sexual teria acontecido na mesma noite.

De acordo com registros do inquérito policial realizado para investigar a denúncia, Jullyene afirmou ter sido violentada por aproximadamente 40 minutos com tapas, chutes e pancadas, além de ter sido arrastada pelos cabelos. A agressão sexual, na época, foi omitida, segundo ela, por vergonha da família e da sociedade e por medo do deputado.

Ao narrar as agressões sexuais, Jullyene chorou, tremeu e teve taquicardia, conforme relatou a repórter. "Ele me violentou, ele me violentou", repetiu a ex-esposa de Lira enquanto concedia entrevista, no último dia 6 de junho.

"Eu suportei isso todo esse tempo, guardei isso por 17 anos por conta dos meus filhos, por conta da minha família, a vergonha também, a gente se sente um lixo. Estou falando isso agora porque preciso tirar esse peso das minhas costas. Meus filhos já estão grandes, já vão entender. Minha família vai saber exatamente o que aconteceu. Havia a Jullyene antes daquela noite e a Jullyene depois daquela noite. Não quero mais viver com isso, carregar isso na minha história", disse Jullyene à repórter.

Lira foi absolvido das acusações de agressão física pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em setembro de 2015. Segundo a Agência Pública, o laudo médico e os depoimentos de testemunhas corroboram a versão de Jullyene Lins.

Leia a reportagem completa clicando aqui.

Edição: Thalita Pires


Relacionados

  • Arthur Lira aceita pedido do PL e abre processo de cassação contra 6 deputadas progressistas

  • Primeira Turma do STF arquiva denúncia e Lira escapa de se tornar réu

  • &39;O que Arthur Lira está fazendo é chantagem com o governo&39;, diz cientista político

Outras notícias

  • STF julgará se Lira continua como réu em caso de corrupção passiva

Visitantes, por favor deixem um comentário::

© 2024.cc777sitemap